Atuais leituras

sábado, 2 de novembro de 2013

Vazio sem sombra

http://www.scribd.com/doc/180950359/VAZIO-SEM-SOMBRA-livro-pdf

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

perdi a mão
nas partes móveis
de uma máquina
que dava poemas

da árvore
dessa minha vida
nem mais um fruto seco
ovulado da mão

em concha
essa mão tenta
ao pé do ouvido
um benefício

sua invalidez rara
essa mão tripartida
trimacerada é luz
emana um cheiro

um suor
que não tive tempo
que não tenho mais como - perdi a mão -
secar da minha voz

as partes móveis da máquina
os frutos secos
minha mão perdida
os poemas mudos