Atuais leituras

domingo, 7 de março de 2010

Poema

ARI MARINHO BUENO
33 anos
nascido a 05 de Maio de 1974, um domingo,
na cidade de Aurópolis, SP
torcedor do Santos F. C.
poeta, dramaturgo, tradutor, técnico em segurança do trabalho (?)



Tradutor para o português das seguintes obras:

· Do cabaço e outras iniciações;
· Pústulas e feridas afins da cútis;
· Necrofilia em 15 lições, todas do Rev. Murdo MacKinley-Cox

Autor do livro de contos:

· Nome e outros contos – apólogos

E de alguns poemas de cunho menor:

Antinômico (excerto)

Qual é o nome do negro que caiu de maduro
Ele queria explodir e os pedaços de sua ira pelos ares
O surgimento de uma nova maneira de considerar
O mundo os outros a si mesmo num outro tom

Qual é o nome? Quem daqui o conhecia?
Tão bem que pudesse jurar o real motivo do estouro
Somos todos cúmplices de tão louca iniciativa
Quem sabe não queria o negro alguém o impedisse?

(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário